ECONOMIA CIRCULAR DO PLÁSTICO - Virada Sustentável São Paulo

Sem dúvidas, um dos painéis mais interessantes que a VIRADA SUSTENTÁVEL SP discutiu, foi o da economia circular do plástico. Neste contexto, a BRASKEM e a AMBEV esclareceram vários pontos interessantes da cadeia mais polêmica e condenada pelos ambientalistas no momento.

virada sustentável são paulo, economia circular

Desta forma, enquanto apenas más notícias reverberam, com cenários desastrosos e projeções amedrontadoras como a de que teremos mais plástico do que peixes no oceano até o ano de 2050, observamos dois pontos positivos que representam um movimento proativo da indústria na reversão da poluição plástica do planeta.

Deste modo, a primeira boa notícia é que a BRASKEM tem investido em reciclagem química! Mas afinal, você sabe o que seria isso?

Como são os processos de reciclagem do plástico?

Em suma, existem dois processos de reciclagem, por meio de mecânica energética ou química.

Basicamente, hoje, a principal reciclagem de plástico é feita mecanicamente. Onde por sua vez, os plásticos são separados por tipo, triturados, lavados e secados.

Por conseguinte, para virar matéria-prima reciclada pronta para voltar à indústria, passam pela extrusão. Neste processo, são fundidos por um método de aquecimento e em seguida resfriados e cortados. Gerando pequenas bolinhas ou grânulos.

economia circular, reciclagem do plastico

Já a reciclagem química, envolve o processo de despolimerização. Que tem como objetivo, transformar os tipos de plásticos em novas substâncias químicas. Ou até mesmo, em suas próprias matérias-primas.

Em síntese, a vantagem é que esse tipo de reciclagem, pode ser aplicada a plásticos com maior dificuldade de serem reciclados pelo processo mecânico. Logo, apresentando um melhor desempenho que outros tipos de reciclagem, evitando assim, impactos ambientais negativos.

reciclagem do plastico1

Outra boa notícia, é que a AMBEV lançou, em 2018, um programa que busca novas ideias para ajudar a empresa a cumprir suas metas de Sustentabilidade para o ano de 2025. Sendo este, é a ACELERADORA SUSTENTABILIDADE 100+.

Em resumo, o portal é aberto, não necessita de edital de convocação e a qualquer tempo pode-se submeter projetos pelo link ou clique na imagem abaixo. Acesse e conheça!

Ações que promovem a Economia Circular do Plástico

Além da criação do programa, a empresa investe em economia circular e teve o GUARANÁ ANTARCTICA como o primeiro produto da marca a usar embalagem 100% reciclada. Que por sua vez, foi utilizada em mais da metade da produção.

Assim como, o Guaraná Antarctica, a empresa também adotou a mesma postura em outros produtos, como a linha do energético Fusion e a Soda Limonada.

Para se ter uma ideia, a produção desse tipo de embalagem, consome 70% menos energia e 20% menos água em relação ao material virgem. Sendo assim, uma ótima forma de promover a economia circular.

embalagem reciclada guarana antarctica, produto economia circular, reutilização, reciclagem, plastico

Normalmente, a reciclagem necessita de coleta seletiva e logística reversa eficientes. Enquanto a reutilização, pode ser desenvolvida com coleta e fabricação local de produtos.

Isso nos levou a refletir quanto tempo vai levar para que uma atividade como a de REUTILIZAÇÃO DE MATERIAIS, por exemplo, seja considerada como um tratamento de resíduo. Afinal, atividades que usam baixa tecnologia e atuam em pequena escala, podem atingir bons resultados e contribuir com uma destinação criativa para grande parte desses plásticos.

Concluímos que todas essas questões são bem positivas. No entanto, sentimos que a economia circular está fechada em um único círculo. Que por sua vez, leva as embalagens direto para a indústria da reciclagem.

Para conhecer outras ações de reciclagem e como você pode ajudar o meio ambiente, acesse o nosso canal do Youtube e confira! Já para se manter informado sobre essas e outras informações, assine a nossa Newsletter!

Nossa Newsletter

Assine nossa newsletter mensal para ficar sempre atualizado com nosso conteúdo.

Nossa Newsletter

Assine nossa newsletter mensal para ficar sempre atualizado com nosso conteúdo.