Mobilização pelo clima - Escolhas Exponenciais

capa

Na última semana,  nos juntamos ao movimento Imagine 2030, para uma mobilização pelo clima e consequentemente, cumprir o desafio de contribuir para regulação do clima do planeta. Além disso, foi uma ação global, que no Brasil teve dezenas de mobilizações. Para saber mais, visite o site oficial Mobilização Global pelo Clima!

Mobilização pelo Clima, Imagine 2030, parceiros, LIXIKI

Em suma, o projeto Imagine 2030, é um movimento criado para divulgar a Agenda 2030. Bem como, os 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. No geral, a mobilização pelo clima está diretamente ligada ao #ODS7. Que por sua vez, prevê energia limpa e acessível. Também se relaciona com a #ODS13 - uma ação contra a mudança global do clima. Logo, o projeto Imagine 2030, é um compilado de ações que promovem objetivos de desenvolvimento sustentáveis no Brasil e no mundo.

A seguir, descubra quais são os desafios do ODS7 e ODS13.

Objetivo 7

ODS7, sétimo Primeiro Objetivo de Desenvolvimento Sustentável, ONU

Em suma, o objetivo 7 tem como intuito, assegurar o acesso confiável, sustentável, moderno e a preço acessível à energia para todos.

Para se ter uma ideia, de 2000 a 2013, mais de 5% da população mundial obteve acesso à eletricidade (de 79,313% para 84,58%). Desta forma, para os próximos anos a tendência é aumentar a demanda por energia barata.

Contudo, combustíveis fósseis e suas emissões de gases de efeito estufa, provocam mudanças drásticas no clima. Logo, atender às necessidades da economia e proteger o meio ambiente é um dos grandes desafios para o desenvolvimento sustentável.

Nesse sentido, o ODS 7 reconhece sua importância e traça metas focadas na transição energética de fontes não renováveis e poluidoras, para fontes renováveis limpas. Tendo é claro, especial atenção às necessidades das pessoas e países em situação de maior vulnerabilidade.

Metas do Objetivo 7

Em síntese, as metas do Objetivo 7, são:

7.1 Até 2030, assegurar o acesso universal, confiável, moderno e a preços acessíveis a serviços de energia.

7.2 Até 2030, aumentar substancialmente a participação de energias renováveis na matriz energética global

7.3 Até 2030, dobrar a taxa global de melhoria da eficiência energética

       a. Até 2030, reforçar a cooperação internacional para facilitar o acesso a pesquisa e tecnologias de energia limpa, incluindo energias renováveis, eficiência energética e tecnologias de combustíveis fósseis avançadas e mais limpas, e promover o investimento em infraestrutura de energia e em tecnologias de energia limpa

       b. Até 2030, expandir a infraestrutura e modernizar a tecnologia para o fornecimento de serviços de energia modernos e sustentáveis para todos nos países em desenvolvimento, particularmente nos países de menor desenvolvimento relativo, nos pequenos Estados insulares em desenvolvimento e nos países em desenvolvimento sem litoral, de acordo com seus respectivos programas de apoio

Objetivo 13

ODS13

Por sua vez, o objetivo 13 tem como princípio, tomar medidas urgentes para combater a mudança do clima e seus impactos.

Como sabemos, a mudança do clima é um evento transnacional. Cujos impactos, estão desregulando economias nacionais e afetando pessoas em todos os lugares do mundo. Principalmente, aquelas em situação de maior vulnerabilidade nos países em desenvolvimento.

Dito isso, sem a ação imediata frente à mudança do clima, a temperatura terrestre está projetada para aumentar mais de 3 ºC até o final do século XXI. Pensando nisso, uma das metas para esse objetivo é mobilizar 100 milhões de dólares por ano até 2020. Este dinheiro, será destinado para ajudar os países em desenvolvimento no plano de mitigação de desastres relacionados ao clima.

Desta maneira, o estabelecimento do ODS 13 é apenas para lidar com a questão do clima. Ou seja, é encarado como estratégico para a mobilização dos atores capazes de promover as mudanças necessárias para impedir estas projeções de se tornarem realidade.

Metas do Objetivo 13

No geral, as metas do Objetivo 13 são:

13.1 Reforçar a resiliência e a capacidade de adaptação a riscos relacionados ao clima e às catástrofes naturais em todos os países *

13.2 Integrar medidas da mudança do clima nas políticas, estratégias e planejamentos nacionais

13.3 Melhorar a educação, aumentar a conscientização e a capacidade humana e institucional sobre mitigação global do clima, adaptação, redução de impacto, e alerta precoce à mudança do clima

       a. Implementar o compromisso assumido pelos países desenvolvidos partes da Convenção Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima para a meta de mobilizar conjuntamente US$ 100 bilhões por ano até 2020, de todas as fontes, para atender às necessidades dos países em desenvolvimento, no contexto de ações significativas de mitigação e transparência na implementação; e operacionalizar plenamente o Fundo Verde para o Clima, por meio de sua capitalização, o mais cedo possível

       b. Promover mecanismos para a criação de capacidades para o planejamento relacionado à mudança do clima e à gestão eficaz, nos países menos desenvolvidos, inclusive com foco em mulheres, jovens, comunidades locais e marginalizadas

Este desafio, durou de 20 a 27 de setembro. Agora, se você se interessou e quer saber mais sobre os detalhes dessa mobilização pelo clima, bem como, sobre os outros assuntos abordados durante o desafio, acesse o nosso Instagram. 

Em geral, a má destinação do lixo e os efeitos que os gases gerados nos aterros sanitários causam à atmosfera, afetam diretamente as mudanças climáticas. Desta forma, até a reciclagem, mesmo que realizada corretamente, contribui para o aquecimento global. Por tudo isso, escolher a reutilização, é sempre uma melhor opção 😉

 

Nossa Newsletter

Assine nossa newsletter mensal para ficar sempre atualizado com nosso conteúdo.